EXPOSIÇÃO GENTE PEIXE

Dedicada à valorização da identidade indígena com foco na promoção da cultura dos povos do Alto do Rio Negro, os quais vivem há mais de 2.000 anos naquela região, a exposição Gente Peixe foi realizada pela Associação Zagaia Amazônia, por iniciativa do Centro de Referência do Artesanato Brasileiro – CRAB, no localizado no município do Rio de Janeiro (RJ), em parceria com o SEBRAE.

O CRAB tem como missão promover o artesanato nacional e contribuir para qualificar a imagem dos produtos feitos à mão no Brasil. Sob essa premissa, a exposição, montada exclusivamente para o centro de artesanato, proporcionava uma experiência imersiva guiando o visitante por uma viagem de encantamento, passeando por relatos míticos sobre a origem do mundo, das pessoas e das coisas sob a visão do conhecimento indígena.

Cada cultura possui memória própria sobre suas respectivas ancestralidades, e a exposição Gente Peixe mostrava histórias, origens e territórios relacionados ao modo como os povos da região do Alto Rio Negro criam objetos como expressão de sua cultura e criatividade, refazendo, numa escala humana, a criação cósmica.

Somando mais de 30 mil pessoas em toda região, os povos indígenas do Alto Rio Negro habitam a fronteira com a Colômbia e a Venezuela há mais de 2000 anos. Seus conhecimentos se expressam em línguas pertencentes às famílias e troncos linguísticos Tukano Oriental, Arawak, Nadehup e Tupi – esta última introduzida por missionários cristãos em tempos coloniais.

A exposição Gente Peixe teve o seu projeto expográfico desenvolvido pelo designer Sérgio Matos, por meio da empresa Matos Studio, e permaneceu aberta à visitação do público durante o período de outubro a dezembro de 2020.

 

Para conhecer mais sobre a exposição “Gente Peixe”, assista ao vídeo: 

To play, press and hold the enter key. To stop, release the enter key.

press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom