Projeto A PRESERVAÇÃO DAS ESPÉCIES COMO FATOR DE TRANSFORMAÇÃO E EMPODERAMENTO FEMININO na comunidade do Tumbira

 

Após convite do Instituto Lojas Renner, a Associação Zagaia Amazônia foi escolhida para auxiliar na implementação do projeto “A PRESERVAÇÃO DAS ESPÉCIES COMO FATOR DE TRANSFORMAÇÃO E EMPODERAMENTO FEMININO na comunidade do Tumbira, na Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Rio Negro (RDS Rio Negro). Este projeto atua como um divisor de águas na concepção de formação de líderes femininas dentro da comunidade, que no início dos anos 2000 basicamente sobrevivia da extração ilegal de madeiras da floresta, e com a formalização da RDS, perceberam o ganho com uma nova matriz econômica, mantendo a floresta em pé.

Nosso trabalho focou no Empoderamento Feminino e na Conscientização da “Preservação das Espécies”, principalmente da flora amazônica. Essa conscientização passou pelas Mulheres da Comunidade. A liderança comunitária acredita que as mulheres empoderadas significam homens amparados na delicadeza da divisão das atividades, de forma a todos ganharem e se sentirem iguais e contribuindo para a casa comum. Com essa conscientização, estimulamos o “turismo de experiência na observação da natureza” na comunidade, com suporte das lideranças femininas.

Utilizando ferramentas de Design Thinking, foi realizado um workshop com as mulheres da comunidade com o objetivo de identificar as forças, as oportunidades, o sentido de empoderamento e os critérios de reconhecimento das lideranças femininas do Tumbira. Neste sentido, foram elaboradas dinâmicas de interação e apoio as atividades econômicas das mulheres, a criação de um baralho de empoderamento feminino e a aplicação da cartilha ONU Mulheres, adaptada para a nossa realidade amazônica. A partir disso, foram pensadas diversas ações colaborativas envolvendo o grupo de artesanato da comunidade e o suporte às atividades turísticas da comunidade. 

A convite da Associação Zagaia, um grupo de pesquisadores do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia - INPA, realizou uma oficina de botânica para os comunitários, que gerou uma troca de saberes tradicionais e científicos a cerca das espécies florestais existentes na trilha turística do Tumbira. Algumas delas ainda sem catalogação existente. Isso serviu de base para um mapeamento da trilha e a criação de um guia de espécies que desse suporte aos comunitários no momento da visita do turista.

Foi realizada também uma campanha de coleta de peças jeans usadas para a realização de um trabalho de upcycling com as artesãs da comunidade, com foco no desenvolvimento de novos produtos criativos, gerando renda complementar às participantes. Um perfil em rede social também foi produzido com conteúdo audiovisual para motiva o público externo a conhecer a comunidade modelo do Tumbira dentro da RDS do Rio Negro. 

 

Mais informações podem ser observadas no relatório em PDF abaixo.

| RELATÓRIO FINAL TUMBIRA

+55 92 3584-6770

Rua Rio Purús, 21, Quadra 03, Nossa Sra. das Graças, Manaus - AM, 69053-050

© Associação Zagaia Amazônia 2016